domingo, 7 de maio de 2017

UMA TARTE DE NOZ PECÃ PARA A MÃE....





  Descobri há pouco tempo as nozes pecã... quer dizer, já há muito que as conhecia de nome, principalmente associadas à cozinha norte americana, mas provar, só há uns meses... e fiquei fã!

   Hoje é dia da mãe e pensei que seria uma excelente opção para adoçar o coração de cada mãe, simples de fazer e com a promessa de também deixar fãs incondicionais!...

  Assim, deixo aqui a receita com um beijinho especial para a minha mãe e para todas as mães que cuidam e estão presentes na vida dos seus filhos...


1 base de massa quebrada
200g noz pecã
4 ovos
50g de manteiga
175 g de xarope de milho (corn syrup ou golden syrup)

 85g de açúcar mascavado
1 c de chá de essência de baunilha




Estenda a massa quebrada e forre uma forma de tarte.


Pré-aqueça o forno a 190 ° C.

Guarde algumas nozes pecã para a decoração e pique o resto.

Numa tigela, misture a manteiga derretida, os ovos, o açúcar, o xarope de milho e a  baunilha. Adicione as nozes moídas e misture bem.

Despeje o recheio sobre a massa e decore o topo com as restantes nozes pecãs.

Leve ao forno durante 35 minutos, cobrindo a tarte com papel de alumínio durante os últimos dez minutos para evitar uma coloração mais escura.









terça-feira, 11 de abril de 2017

PASCA - PÃO DE PÁSCOA ROMENO



   A Páscoa está novamente a chegar, e com ela os dias mais quentes, maiores e cheios de flores e perfumes no ar.

   Páscoa é sinónimo de receitas deliciosas, umas mais indulgentes que outras, mas sempre reconfortantes e perfeitas para partilhar com família e amigos.

   Desta vez trago-vos uma receita de um pão doce, Pasca, tradicional da Páscoa romena, bem fofinho e com um recheio de queijo creme e passas de uva que fica delicioso!

  Aqui fica... deliciem-se e boa Páscoa!...

 Massa:

540 grs de farinha
1 chávena de leite morno
14 grs de fermento de padeiro
50 grs de manteiga derretida
1 ovo
100 grs de açúcar
1 colher de chá de sal
1 colher de chá de extrato de baunilha
1/4 óleo

Recheio:

1 chávena de queijo creme
2 ovos
1/3 chávena de açúcar em pó
Extrato de baunilha
Casca de limão ralada (opcional)
1/2  chávena de passas de uva
2 colheres de sopa de mel e algumas gotas de leite para pincelar



Misture o leite morno com o fermento, até que o fermento se desfaça. 
Numa taça misture 120 grs de farinha e o leite. Polvilhe com 60 grs de farinha e deixe a temperatura ambiente 10/15 minutos, até que a mistura aumente de volume e o topo rache.
Acrescente a manteiga derretida, o ovo, o açúcar, o extrato de baunilha e o sal, e lentamente incorpore a restante farinha.
Enquanto bate deite gradualmente o óleo, deixando a massa macia e elástica.
Coloque a massa numa taça untada, cubra com pelicula aderente e deixe repousar 2 horas até duplicar o volume.

Quando a massa crescer, divida em quatro pedaços.

Estenda um pedaço em forma de circulo e coloque no fundo de uma forma redonda untada com manteiga.

Com os restantes 3 pedaços faça uma trança, sele bem as pontas e disponha na forma, por cima do disco de massa.

Deixe levedar mais 40 minutos.

Entretanto aqueça o forno a 180ºC e faça o recheio de queijo creme.

Misture o queijo, os ovos, o açúcar, as passas, o extrato de baunilha, a raspa de limão e mexa bem.

Deite o recheio no centro da trança e leve ao forno 15 minutos a 180ºC.
Sem abrir a porta do forno, baixe a temperatura para 160ºC e cozinhe mais 45 minutos ou até que o topo fique tostado.
Deixe arrefecer. Antes de servir pincele com o mel misturado com algumas gotas de leite.
Boa Páscoa!



    

domingo, 2 de abril de 2017

SALADA DE PERA, AGRIÃO E QUEIJO BRIE



     Com os dias mais quentes a baterem à porta, começam a apetecer pratos mais leves, mas ao mesmo tempo cheios de sabor... Quem quer aproveitar estes dias e não tem, nem tempo nem grande disposição para perder passar tempo na cozinha, pode optar por esta simples e deliciosa saladinha... Perfeita também para levar para o almoço, temperando na hora de servir.


Folhas de agrião
Peras
Bagos de romã
Queijo brie
Cenoura ralada
Azeite
Vinagre balsâmico
Sal e pimenta q.b.
Oregãos secos


Lave o agrião e coloque-os-os numa taça ou prato de servir.

Corte a pera em fatias e, juntamente com a cenoura ralada e a romã coloque por cima dos agriões.

Por fim, adicione o queijo brie cortado em pedaços.

Prepare o tempero, misturando o azeite com o vinagre, o sal, pimenta e oregãos secos e, coloque apenas na hora de servir.




 
 
 
 



quarta-feira, 15 de março de 2017

RUGELACH, PEQUENAS TENTAÇÕES JUDAICAS

 
 
     Estes pequenos croissants são oriundos da cozinha judaica, que sempre considerei muito apelativa e cheia de deliciosas propostas.
 
    E, de facto, não me enganei. Estes rugelach são maravilhosos e, apesar de serem classicamente feitos da forma que descreverei mais abaixo, podem ser versáteis e utilizar vários outros tipos de recheios... Chocolate, diversificar os doces utilizados, os frutos secos... enfim, fica a criatividade como limite!
 
   Bem, mas aqui fica a receita...
 
Para a massa:
 
250 grs de manteiga
250 grs de queijo creme
2 colheres de sopa de açúcar
Extrato de baunilha
2 chávenas de farinha de trigo sem fermento
Pitada de sal
 
Para o recheio:
 
Doce de alperce
Canela em pó
Nozes picadas
 
Comece por envolver o queijo-creme com a manteiga. Adicione o açúcar, a baunilha e o sal.
 
Acrescente progressivamente a farinha e amasse até obter uma massa homogénea.
 
Divida a massa em três partes, embrulhe em pelicula antiaderente e leve ao frigorifico pelo menos 2 a 3 horas.
 
Ao retirar do frigorifico estenda a massa em discos finos e coloque uma camada não muito espessa de doce de alperce, deixando cerca de 2 cms nas laterais sem recheio nem no centro do circulo.
 
Polvilhe com a canela e as nozes picadas por cima da compota de alperce.
 
Corte a massa como se fossem fatias de pizza finas.
 
Comece a enrolar os rugelach de fora para dentro até obter o formato de pequenos croissants.
 
Leve ao forno pré-aquecido a 180ºC cerca de 25-30 minutos.
 
E depois é só deliciar-se!...
 
  
 
 
 
 

sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

BOAS FESTAS



   A todos os que por aqui passam não posso deixar de dizer um obrigado e desejar que nesta quadra alcancem o que mais ambicionam...

   Umas Boas festas a todos...